Arquivo mensal: março 2013

Nota Anecs repúdio à repressão Militar em ato por moradia estudantil na UFMT

A Anecs (Articulação Nacional dxs Estudantes de Ciências Sociais), repudia a atitude de repressão da Policia Rotam e Militar na manifestação pacífica dxs estudantes da UFMT que reivindicavam seus direitos à moradia pela Assistência Estudantil.

É inconcebível porém notável, a semelhança do ocorrido da ultima tarde de quarta-feira (07/03/2013) em Cuiabá, em relação ao regime militar e a repressão nos anos de chumbo aos movimentos sociais. A Anecs esteve presente no ato o qual duas membras foram agredidas (com bala de borracha na virilha tapa na cara). Repudiamos as atitudes da PM de violação aos direitos democráticos garantidos pela constituição de livre manifestação e o trato com xs manifestantes, tal como um trabalhador ferido.

Também repudiamos o impedimento ao acesso dxs advogadas na sala de interrogação com os 6 meninos detidos e os mesmos PM’s agressores. Cerceando o direito de exercer sua profissão e ameaçando com xingamentos esdrúxulos.

A Anecs se posiciona contra a criminalização dos Movimentos Sociais, tendência crescente em tempos de Copa do mundo, onde o mercado encontra-se em expansão e não se mede esforços para que as críticas ao sistema sejam abafadas, silenciadas. As mesmas táticas de repressão por meio de violências e tiros a queima roupa, são utilizadas nas práticas de remoções urbanas e rurais.

Mas a reação será maior que a repressão, não deixaremos de lutar por nossos direitos justos. Estamos nos organizando, ocupando a reitoria até que as pautas sejam negociadas de maneira direta e coletiva com a administração superior.

Queremos a
Não retirada das casas
Ampliação da Moradia Estudantil,
Abertura imediata da terceira Ilha do RU!

 Imagem

Anúncios

CONTRA OS TROTES MACHISTAS!

CONTRA OS TROTES MACHISTAS!

04 de março de 2013.

Na tarde de terça-feira, cerca de 40 manifestantes protestavam contra a realização do “concurso de beleza” intitulado “Miss bixete”. A manifestação era pacífica, pois contava apenas com batuques e palavras de ordem de cunho feminista. Durante a manifestação participantes do concurso, calouros, veteranos de diversos cursos proferiram comentários agressivos e homofóbicos e alguns deles tiraram suas roupas, satirizando a manifestação do grupo feminista.
Devido ao ocorrido, as Mulheres da ANECS (Articulação Nacional dos Estudantes de Ciências Sociais), REPUDIA tal atitude e o concurso “Miss bixete”. REPUDIAMOS esse concurso pois ele está fundamentado no machismo, constrange calouras, reproduz a idéia de que a mulher é mercadoria e que ela é propriedade dos homens, sendo submetidas a todas as vontades do mesmo.
É muito provável que os calouros vão reproduzir a atitude dos veteranos, vão promover sempre esses concursos “Miss bixete”, vão ridicularizar suas companheiras de sala e não fica restrito ai. Em suas casas, quando tiverem suas mulheres ou namoradas, vão tratá-las como mercadorias TAMBÉM! Reproduzindo SEMPRE o machismo, se colocando “em seu direito como MACHOS” e se necessário até as agridem pois elas os pertencem – segundo a lógica do patriarcado.
As Mulheres da ANECS repudiam qualquer tipo de trote machista no qual há constrangimento de calouras. Esses trotes devem ser severamente repudiados e combatidos pelo M.E, como uma pauta também essencial para o respeito e o avanço das discussões feministas junto aos demais companheir@s.

“Sendo homens e mulheres seres complementares na produção e na reprodução da vida, fatos básicos da convivência social, nenhum fenômeno há que afete a um, deixando de atingir o outro sexo.” (H. Saffioti)

Mulheres da ANECS

mulheresda anecs logo geral

%d blogueiros gostam disto: